Óleos essenciais e o poder da sua absorção!

Óleos essenciais e o poder da sua absorção!



O óleo essencial é a parte mais refinada da planta, onde existe a maior quantidade do princípio ativo dela. Uma gota equivale a 25 xícaras de chá da planta! 

Eles são usados na aromaterapia, que atualmente é considerada uma forma de medicina integrativa ou complementar que atua na prevenção e tratamento de todos os desequilíbrios energéticos que possam estar afetando o corpo físico, emocional e vibracional, beneficiando a cura de doenças e promovendo o equilíbrio integral do ser humano.

Como os óleos essenciais agem em nosso organismo?

Como os óleos essenciais agem em nosso organismo?

Através da inalação ou absorção, o óleo essencial promove um tratamento natural e têm um rico potencial terapêutico beneficiando a saúde a níveis físicos e emocionais. Quando inalados, os sinais aromáticos alcançam diversas regiões celebrais entre elas o sistema límbico, centro responsável pela memória olfativa e pelas emoções.

Aplicação: difusor aromático, inalação, aromatizador de ambiente (água perfumada).

 

Quando aplicados são absorvidos e levados pela corrente sanguínea a diversas regiões do corpo e então atuam em órgãos específicos, conforme a propriedade específica do óleo essencial.

Pele: os óleos essenciais penetram na pele pelos ductos das glândulas sudoríparas. A maioria dos componentes de um óleo essencial é lipossolúvel, o que facilita a penetração do óleo pelo organismo.

Uma vez que absorvidos pela epiderme, os óleos são gradualmente liberados para a derme. Na derme, as moléculas de óleo essencial penetram nos vasos sanguíneos, sendo então, transportados para todo o organismo.

Se na área sobre a qual o óleo essencial foi aplicado é massageada, a absorção aumenta pelo efeito do fluxo sanguíneo, que é aumentado pela massagem.

A taxa de absorção do óleo essencial afeta: PELE DANIFICADA, VISCOSIDADE DE ÓLEO E LIMPEZA DE PELE.

Aplicação: massagens, banhos, cremes, máscaras ou corte/machucado (OE de Tea Tree).